Intercalando o pedagógico e o decolonial: lutas, caminhos e semeaduras da reflexão-ação para resistir, (re)existir e (re)viver

Catherine Walsh

Os dois textos coletados neste volume são representativos do pensamento de Walsh, apesar de serem fortemente marcados pelas restrições da realidade atual. Como o título do livro indica, dois eixos articulam a reflexão do autor —que é também uma práxis—: a pedagogia e o decolonial, numa aposta militante pelo que ela chama de “pedagogias decoloniais”. A coragem esperançosa que anima o primeiro texto, “Rotas e caminhos”, contrasta com o tom sombrio, desiludido e melancólico do segundo “Gritos, rachaduras e semeamentos da vida”. No contraste, desdobra-se uma reflexão inescapável sobre o curso da esquerda no atual desnorteamento global.